Indústria

Você

Acessar

Notícias

FIEMA 17/03/2017 - 18:13hs

Curso da FIEMA destaca estratégias para atuar no comércio exterior

Capacitação da FIEMA/CIN reuniu empresários maranhenses

Coordenadoria de Comunicação e Eventos

Veruska Oliveira-COCEV FIEMA
Imagem ampliada Diversos empresários maranhenses participaram da capacitação da FIEMA

SÃO LUÍS– Porque investir no mercado exterior? Você está disposto a mudar seu produto para poder chegar aos mercados internacionais? Quanto tempo demora o processo de internacionalização? Essas e outras perguntas foram muito bem respondidas pelo consultor Sávio Rezende, especialista em marketing estratégico pela UFMG e graduado em Comunicação Social, que ministrou a capacitação “Negociação Internacional: Como prospectar novos mercados no Exterior”, promovida nesta quinta-feira (16), na Casa da Indústria, pela FIEMA, por meio do Centro Internacional de Negócios (CIN) em parceria com a CNI (Confederação Nacional da Indústria) e Sebrae Nacional.

A capacitação buscou alavancar os negócios das empresas maranhenses de todos os segmentos no comércio exterior, direcionando o empresário para o que deve conhecer e compreender do cliente para que o produto ou serviço se adapte e se venda sozinho.

O curso integra um projeto que visa melhorar a competitividade e a inserção internacional das empresas, sendo que essa é a primeira edição de 2017. “A capacitação integra uma série de treinamentos que são realizados para auxiliar as empresas na internacionalização dos negócios. O objetivo é fazer com que o empresário saiba a forma de posicionar melhor a sua empresa no exterior”, destaca o superintendente da FIEMA, Albertino Leal.

“A gente sabe que a cultura de cada país é diferente, de modo que nem sempre a forma que a empresa está posicionada no Brasil deve ser a mesma para se apresentar em outro país, antes deve ter todo um estudo para ver a cultura, saber a questão de marca, como entrar na região. A marca traz relacionamento e identificação com o seu o público, mas também é preciso ter o conhecimento da cultura de outros países, entender como satisfazer as necessidades e desejos do público, porque podem ser necessárias adaptações de acordo com cada cultura”, pontuou Sávio Rezende.

Veruska Oliveira-COCEV FIEMA
Imagem ampliada Empresários maranhenses participam de curso da FIEMA sobre mercado internacional

A gerente geral da indústria Sabor da Ilha, Ana Paula Grolli, que atua no ramo de alimentos (geleias feitas com frutas nativas) participou do curso e disse que o objetivo é aperfeiçoar as ferramentas de exportação. “Essa capacitação foi muito positiva. Abriu os nossos horizontes principalmente para darmos inicio no processo de internacionalização, inclusive na identificação de público, adequação de produto para o mercado internacional. Nós já tivemos interesses de empresários da Itália e Espanha e de estados brasileiros como Minas Gerais”, enfatizou a gerente.

“Estamos com um projeto de exportar as nossas bebidas para os Estados Unidos em 2018. Esse curso foi importante porque ofereceu uma visão bem completa do processo”, destacou o engenheiro da PSIU Indústria de Bebidas, Felipe Sombra, que ressaltou ainda que essas iniciativas da FIEMA/CIN são fundamentais para o crescimento da empresa.

Outro empresário que participou do curso foi  Cassio Witt, da Ecobrasil, que atua também no ramo de alimentação saudável, com a produção de produtos à base de babaçu, como óleo, azeite, farinha e biscoito oriundos da seleção de cooperativas agroecológicas. “Estamos aqui para nos aprimoramos. Como trabalhamos com produtos naturais e saudáveis nosso foco é os Estados Unidos e o curso foi bom para esclarecer algumas dúvidas”, destacou o empresário.

1482 notícias | Mostrando de 1 a 6