Notícias



Parceria CNI e Caixa gira R$ 11,35 milhões em um mês


Data: 8 de outubro de 2020
Crédito: Coordenação de Comunicação e Eventos do Sistema FIEMA e Agência CNI
Fotos: Agência CNI
Fonte da notícia:FIEMA e NAC CNI

BRASÍLIA - Lançada em 25 de agosto, parceria entre a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Caixa Econômica Federal (CEF) já realizou 57 operações no valor total de R$ 11,35 milhões. Neste montante, estão inclusos os R$ 5,3 milhões contratados na fase do piloto com recursos do próprio Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

Os interessados em ter mais informações ou se cadastrar para acessar o crédito para micro, pequenas e médias empresas podem entrar na página do Núcleo de Acesso ao Crédito voltada para o programa.

Entre os benefícios da parceria para os micro e pequenos empresários, destaque para a possibilidade de redução dos juros de até 28% se comparada à taxa balcão praticada pela CEF, atendimento diferenciado, carência e até 60 meses para pagamento. Os recursos podem financiar capital de giro e bens de consumo duráveis.

Além dessas condições especiais, as empresas incluídas na parceria saíram na frente na corrida pelos R$ 2,59 bilhões do Pronampe disponíveis na CEF.

Para o público em geral, a terceira fase do programa está aberta desde o dia 1º de outubro, mas as 537 empresas já inscritas na cooperação entre CNI e CEF tiveram a oportunidade de pleitear os recursos já em 29 de setembro, no limite de R$ 100 mil por empresa.

Além das condições especiais, as indústrias contarão com o apoio de profissionais especializados do NAC para orientação financeira a fim de identificar a melhor alternativa de crédito ofertada. Entre os benefícios do acordo entre CNI e CAIXA, destacam-se 3 linhas de crédito especiais:

• Capital de giro pós-fixada, destinada a empresas com faturamento anual fiscal superior a R$ 360 mil, com juros a partir de 0,83% ao mês mais TR, prazo de até 60 meses e carência automática de 3 meses; • Capital de giro pré-fixada, voltada a MPEs com juros a partir de 1,19% ao mês, prazo de 48 meses e carência automática de 3 meses. • BDC – Bens de Consumo Duráveis com taxa pós fixada, com juros a partir de 0,92% a.m, prazo de até 60 meses e até 06 meses de carência.

MA– No Maranhão foram solicitados em crédito à Caixa, R$ 9.520.100,03 por 43 empresas da Grande São Luís e Imperatriz dos segmentos de vestuário/têxteis, manutenção e reparação, construção, metalurgia e móveis. Todas empresas associadas aos sindicatos patronais filiados à Federação das Indústrias do Estado do Maranhão.

Parceria prevê isenção de 100% na cesta de serviços para novos correntistas

O pacote de benefícios inclui ainda o Cartão Empresarial com isenção da 1ª anuidade para empresas com domicílio bancário de recebíveis na CAIXA e 6 meses de isenção de 100% ou 12 meses de isenção de 50% para adesão na cesta de serviços para novos correntistas ou correntistas sem cesta.

Essas condições estão sujeitas à análise de risco de crédito, disponibilidade de recurso, bem como são válidas para empresas que tenham 12 ou mais meses de faturamento e garantias compatíveis com as exigidas que variam de acordo com a linha de crédito.

Para ajudar o empresário a escolher qual a melhor opção, a CNI fez uma série de cartilhas que estão disponíveis gratuitamente. Para um atendimento personalizado por profissionais preparados para ajudar na escolha do melhor financiamento a ser contratado entre no canal do NAC no portal da CNI ou pelo telefone (98)3212-1860 ou ainda pelo email nac@fiema.org.br

Use Ctrl + nº da tecla

Ctrl + 1 (menu) Ctrl + 2 (conteúdo) Ctrl+ 3 (busca) Ctrl + 4 (Rodapé) Ctrl + 5 (mapa) Ctrl + 0 (acessibilidade)



Original

Contraste