Notícias



FIEMA recebe visita de dirigente de empresa petrolífera


Data: 8 de abril de 2021
Crédito: Coordenação de Comunicação e Eventos do Sistema FIEMA
Fotos: COCEV FIEMA
Fonte da notícia:FIEMA

**SÃO LUÍS **– A Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) representada pelo presidente Edilson Baldez e o coordenador do Grupo de Trabalho Pensar o Maranhão e diretor da entidade, Fernando Renner receberam a visita na última terça (06/04) de João Carlos Correa, da empresa TGS no Brasil, que identificou a possibilidade de uma bacia petrolífera com potencial de 20 a 30 bilhões de barris de petróleo. Um potencial do porte de um “novo pré-sal” na Bacia do Pará-Maranhão.

O trabalho foi realizado pelo ex-diretor da ANP e consultor da FIEMA, Allan Kardec Duailibe, professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em conjunto com o geólogo e consultor Pedro Zalán (ZAG, ex-Petrobras) e Ronaldo Gomes Carmona, professor de geopolítica da Escola Superior de Guerra e consultor da FIEMA.

A ideia da reunião foi iniciar um relacionamento institucional com a FIEMA e os demais entes locais para destravar a oferta dos blocos exploratórios que seriam licitados na 17ª rodada da Agência Nacional de Petróleo (ANP). A princípio, o interesse é pela inclusão na 18ª rodada, prevista para 2022.

João Correa ainda destacou a possibilidade de parceria da FIEMA com a Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Petróleo (ABESPetro), uma associação civil sem fins econômicos que representa os interesses comuns das empresas de serviço de petróleo para realizar um seminário com os especialistas para tratar do assunto que pode mudar o cenário econômico do Maranhão.

Use Ctrl + nº da tecla

Ctrl + 1 (menu) Ctrl + 2 (conteúdo) Ctrl+ 3 (busca) Ctrl + 4 (Rodapé) Ctrl + 5 (mapa) Ctrl + 0 (acessibilidade)



Original

Contraste